Fernando Kaskais Photography's PhotoBlog

Inventamos aquilo para o qual dirigimos a nossa atenção. Ver seriamente, dirigir a nossa atenção para um determinado ponto, é o mesmo que retirar esse ponto do…

Em certos dias, em certas horas, sob certa luz, sinto de repente, que a óptica me prega partidas. Aqueles dois homens, debruçados sobre uma lona branca, são…

Felizes daqueles que não exigem da vida mais do que ela espontaneamente lhes dá, guiando-se pelos instintos dos pássaros, que buscam o sol quando há sol, e…

O que é próprio do saber não é nem ver nem demonstrar, mas interpretar. Interpretações diferentes, conclusões diferentes, as conclusões dependem da forma do…

Não te darei um peixe meu filho, mas, ensinar-te-ei a pescar, como o meu pai fez comigo, para quebrar a minha fraqueza de vontade, que começava sempre, por ser…

E do alto da majestade de todos os sonhos, ele salta para a água, a glória efémera de ser grande, não sendo nada! E assim fica para sempre, suspenso no ar,…

Como é estranha a criação, uma cunha de luz metálica abre uma brecha na nuvem da ignorância, e de súbito, como um grito, um formidável sol estilhaça-se, parindo…

A acção, discurso e pensamento, em si mesmos, não produzem nem geram coisa alguma; são tão fúteis como a própria vida. Para que se tornem coisas do mundo, isto…

O corpo não é um meio ou um veículo do espírito, como a bicicleta o é para o corpo, mas antes, um cimento molecular que se adere à acção espiritual. Quando o…

Talvez sejam iguais as velocidades com caem ao mar, o suicida e, o que se desequilibrou num pedaço de terra. São duvidas do abismo, deitadas na alma, ao som de…

O mundo ao contrário provoca uma sensação de enjoo, mas, não é a intenção do fotógrafo que é objecto da interpretação do espectador, então, só pode ser o…

Veio a peste, e separou-lhe a cabeça do corpo. A cabeça ficou suspensa no tempo, e no espaço, com a imaginação delirante a flutuar sobre alguma ilha paradisíaca…

Voa alto, por cima do sitio onde estou, corpo pendente de uma asa, alma presa ao corpo por fios invisíveis, livre dos outros, contemplativo sem êxtase, pensador…

Para o fotógrafo, tudo está no seu conceito do mundo; modificar o seu conceito do mundo, é modificar o mundo que fotografa. Impotente para dominar e reformar a…

O dia é de um leve nevoeiro húmido e frio, triste sem ameaças, monótono sem razão. Um óptimo dia para manufacturar realidades. A matéria prima é a mesma, mas, a…

Que quer ele dizer com aquele gesto? Se nunca entendeu os mistérios da vida, está a apelar a quem? É mais fácil controlar as próprias intenções e crenças, do…

Existem, claro, movimentos que fazem aquilo que querem fazer, movimentos que revelam tudo, sem sub-movimento, movimentos completos, plenos, no sentido em que…

Esta é a paisagem que lhes pertence, em que entram como figurantes numa tragédia cómica. Estão assim para sempre, desfocados, distraídos, julgam que têm…

As relações entre uma alma e outra, através de coisas tão incertas e divergentes como as palavras comuns e os gestos que se trocam, são matéria de engano e…

Porque fotografei nada disse. Fui cão quando me comparei ao cão. Senti-me cão quando supus que o senti. E senti-me com uma alma de cão, dormir como um cão,…
Loading...
Up
Copyright @Photoblog.com