RITA Guapo

by Portugueselily Lnr October. 17, 2017 3188 views
Fotografia captada num dia cinzentão. Lisboa - 2017

Fotografia captada num dia cinzentão. Lisboa - 2017

Era apenas mais um dia depois de uma noite difícil.


Quando te disse que me ia embora, olhaste-me nos olhos com a firmeza de sempre e repetiste a frase já gasta: “Não és homem para isso!”


Quando te disse que era desta, porque a gente se cansa da vida leva, quando a vida que leva nos magoa, nos maltrata e nos enfraquece, devolveste-me um sorriso cínico e viraste-te para a bancada para continuar a descascar as batatas.


Quando te disse que gostava que as coisas pudessem ter sido diferentes, que o amor que te tive pudesse ter sido à prova das palavras duras a que o habituaste, mantiveste a altivez e quiseste adivinhar: “Só faltava que começasses a chorar...”
Mas lágrimas saíram, o homem não vergou e a vontade manteve-se. Meti a fotografia da miúda no bolso, abri a porta e saí. Pela primeira vez.

Não te ouvi gritar, não te ouvi correr, nem sequer te ouvi um suspiro. Acredito que talvez tenhas pousado a faca, limpado as mãos no pano ao ombro e que tenhas ficado a olhar para a porta, a antecipar o som da chave a rodar na fechadura.


Talvez tenha sido assim, não sei.


Desci as escadas, desci a rua e, com os punhos cerrados para não deixar fugir a coragem e o peito erguido para nele caberem todas as certezas do mundo, olhei para as letras garrafais da montra do prédio seguinte, e sussurrei: “É desta que amanhã corto o cabelo aqui...”

Rita Guapo é psicóloga de formação e apaixonada pelas pessoas e por todas as histórias que trazem dentro. Acredita que a vida é feita de muitos lugares bonitos e que é em cada um de nós que mora a coragem para os encontrar.

Join the conversation
4
There are 4 comments , add yours!
José Ventura 2 years, 8 months ago

Adoro o anti-clímax da história, tão inesperado quanto apropriado!

2 years, 8 months ago Edited
Portugueselily Lnr Replied to José Ventura 2 years, 8 months ago

Obrigada amigo

2 years, 8 months ago Edited
Antonio Gil 4 years ago

Mais uma publicação brilhante e inteligente. Muito bom

4 years ago Edited
Portugueselily Lnr Replied to Antonio Gil 4 years ago

Tirei esta fotografia num dia cinzentão. Achei esquisito a subtileza com que as pessoas se cruzavam na rua, estava um silêncio humano absolutamente intenso. Cada pessoa, no seu dia -a dia, submersa dos seus pensamentos e dos seus problemas, vagueava-se quase que mecanicamente. Ouviam-se ruídos de carros e sentia-se um cheiro a fumo do escape que intoxicava. Era dia 26 de Maio, dia de greve, não se ouvia um bom dia!

A minha convidada Rita Guapo foi desafiada a dar voz a este suspenso momento. Recebi o seu contributo, parei li e reli achei impressionante e profundo. A forma como escreveu, chegou a provocar-me a sensaçao de quase sentir o pulsar do coração  deste homem desconhecido. A Rita Guapo não deixa de surpreender com a sua brilhante forma e capacidade de escrever o que por vezes se vive e que muitas vezes se abava... a Vida!
Sigam atentamente as suas reflexões na página Pés na Lua (não se irão arrepender!)

4 years ago Edited
Up
Copyright @Photoblog.com